RESENHA: SIMPLESMENTE O PARAÍSO

8 de dezembro de 2017

Honoria Smythe-Smith sabe que, para ser uma violinista ruim, ainda precisa melhorar muito… 
Mesmo assim, nunca deixaria de se apresentar no concerto anual das Smythe-Smiths. Ela adora ensaiar com as três primas para manter essa tradição que já dura quase duas décadas entre as jovens solteiras da família. Além disso, de nada adiantaria se lamentar, então Honoria coloca um sorriso no rosto e se exibe no recital mais desafinado da Inglaterra, na esperança de que algum belo cavalheiro na plateia esteja em busca de uma esposa, não de uma musicista. 
Marcus Holroyd foi encarregado de uma missão… Porém não se sente tão confortável com a tarefa. Ao deixar o país, seu melhor amigo, Daniel, o fez prometer que vigiaria sua irmã Honoria, impedindo que a moça se casasse com pretendentes inadequados. O problema é que ninguém lhe parece bom o bastante para ela. Aos olhos de Marcus, um marido para Honoria precisaria conhecê-la bem (de preferência, desde a infância, como ele), saber do que ela gosta (doces de todo tipo) e o que a aflige (como a tristeza pelo exílio de Daniel, que ele também sente). 
Será que o homem ideal para Honoria é justamente o que sempre esteve ao seu lado afastando todo e qualquer pretendente?

Título: Simplesmente o Paraíso
Gênero: Romance de época
Páginas: 272
ISBN: 9788580416626
Editora: Arqueiro
Autora: Julia Quinn

Julia Quinn é aquele tipo de autora que conquista o leitor com apenas uma obra. Você pode ter lido apenas um livro, mas sempre vai estar querendo comprar os outros por confiar naquela autora e naquela escrita. Quando comprei o Quarteto Smythe-Smith, já esperava aquela típica escrita leve, doce, divertida e convincente, então foi uma leitura realizada sem receios de me decepcionar. Eu já sabia o que esperar.

Como todo ou a maior parte dos romances de época, a história gira em torno daquela busca por casamentos, não apenas com a protagonista, mas com a maioria das personagens femininas citadas. Honoria é uma personagem elétrica, que não para de falar por um segundo sequer e anseia por encontrar um companheiro. Durante o livro todo, ela elabora planos para atrair alguém, desde agir comportavelmente como uma dama, até forçar uma queda para, supostamente, ser socorrida por um cavalheiro.

Marcus era um grande amigo de Daniel, por isso, frequenta a família Smythe-Smith desde criança. O prólogo do livro é uma fofura, onde aparece Honora, Daniel e Marcus quando ainda eram crianças. Honora sempre chorona, Daniel sempre grosso e Marcus sempre refém de suas emoções. 

Daniel tem uma conturbada partida, que é explicada no começo do livro e assim, antes de ir embora, deixa Marcus encarregado de tomar conta de Honoria para que ela não se case com a pessoa errada. Então, durante o livro todo, Marcus fica vigiando Honoria de longe para avaliar os pretendentes dela, assim, afastando todos aqueles que não se encaixavam na concepção de "homem correto" para Marcus. No entanto, Honoria e Marcus vão se aproximando e ele percebe que cuidar de Honoria não era apenas uma missão dada por Daniel, e sim, apenas um motivo para não se distanciar e perceber que a ama.

Uma das coisas pelas quais eu me apaixonei foi ter notado a presença de personagens da série "Os Bridgertons" também da autora. Sempre era mencionado alguém, como Colin Bridgerton, Gregory Bridgerton. Fiquei super feliz em reconhecer aqueles nomes e saber de quem se tratava, isto sem falar das referências. Em um momento do livro, Honoria quase se envolve com Gregory e no outro conversa com Colin. Imagina essa mistura?

Os personagens são muito bem preparados, cada um com uma personalidade diferente e mesmo sendo muitos, é possível imaginar todos. As primas de Honoria são fantásticas, acredito que criar famílias animadas seja até um ponto forte nos livros da Julia Quinn, pois a gente vive o livro junto com eles.

No geral, o livro é ótimo. Fiquei um pouco triste, pois queria muito ter lido mais sobre Daniel, pois pelo pouco que acompanhei dele, já gostei muito de sua personalidade, meio divertido e curioso ao mesmo tempo. Pelo que li, o segundo livro da série ele é o protagonista, então tem tudo para ser um ótimo livro também. Beijos!

15 comentários:

  1. Estou doida para ler a série Smythe-Smiths ♥ Honoria até o momento é uma personagem favorita delas e olha que nem li.
    Outra coisa legal é a autora ter mantido Os Bridgertons na série, achei charmoso.

    ResponderExcluir
  2. Em primeiro lugar, o layout de seu blog é lindo, uma graça mesmo, depois vamos falar de Quinn... Céus, eu nunca li nada dela.
    Fico pra morrer por conta disso, ainda mais que toda resenha que vejo, seja de qual for o livro é sempre positiva. Fico feliz que o livro cumpriu seu intento com você, eu anoto a dica e espero em breve ler algo da Julia.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Júlia Quinn é rainha dos​ Romance de época, e não tem um livro dela que eu não goste! Esse em especial é o meu favorito do Quarteto, adorei a história do Marcus e da Honória, achei muito lindo a forma como a amizade se transformou em algo mais. O segundo livro que conta a história de Daniel também é muito bom e muito divertido, se você gostou dele ficou curiosa com certeza também vai amar!

    Um beijo, Pri 😘

    Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
  4. Poxa que resenha maravilhosa, para quem curte um bom romance de época, parece ser uma ótima e dica! Além de que eu sempre fico apaixonada por esses vestidos e capas, são tão envolventes e amáveis!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Oi Julia!!!

    Tudo bem? Eu nunca li absolutamente nada da autora, fico me sentindo uma excluída toda vez que as pessoas começam a elogiar a escrita dela.

    Enfim, eu adoro séries onde personagens que já conheço se misturam a novos em uma história diferente, isso realmente me fazer ler o livro com outros olhos. Espero conseguir me deleitar com as histórias da Julia Quinn bem em breve.

    Beijinhos - Jessie
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  6. Ooi!
    Acho que Julia Quinn é uma das maiores referencias de romance de época, né? Eu li um livro dela desse genero e gostei muito mesmo não sendo fã desse genero. Algumas de suas historias me deixam super curiosa.

    ResponderExcluir

  7. Olá!
    As histórias de JQ parecem ser ótimos, eu lia muito romances de época mas nunca li nada dessa autora. Fiquei bem empolgada com tua resenha. Bjs

    ResponderExcluir
  8. ola td bem? eu n tive uma boa experiencia com os livros da julia quinn eu repasso a sua dica, mas a capa é linda bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Mais uma vez Julia Quinn me persegue.MDS!
    Ainda não li nenhuma obra dela,mas leio tantas resenhas dos livros que já amo antes de ler e espero um dia poder ler,que seja logo.
    Eu ia comprar esse livro na bienal,porém sai do meu orçamento,quero muito poder ler e parece ser uma história bem gostosa de ler e leve.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi, como vai?
    Essa Julia e suas Quinn e suas fãs... Tenho a coleção toda dos Bridgertos aqui, mas ainda não chegou a vez de lê-los. Sempre que leio uma resenha dela fico me remoendo de vontade. Do ano que vêm não passa. Vou, enfim, conhecer essa autora que encanta tanta gente. Amei esse livro da resenha. Então um amigo de infância tem que cuidar dos pretendentes da mocinha para o irmão dele? Isso só podia dar em romance!!! Amei e já quero ler. Um bejo e sucesso com o blog.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Mesmo sendo uma grande adoradora dos romances nunca li nada da Julia, não por falta de vontade, mas sim por falta de oportunidade. Vejo as pessoas falando tão bem dos livros dela desde a escrita até o enrendo. Estou curiosa a cerca desse livro ainda mais que faz menções a personagem de outra série dela. Minha curiosidade só aumenta a cada resenha que leio sobre os livro da Júlia. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  12. Eu acho essa capa tão diferente das outras... Julia parece uma máquina de escrever, né? Sempre muito surpreendente, espero poder ler em breve! Todos os outros livros da autora que li, me agradaram muito.

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Esse livro é fofíssima, é bem a cara da Julia mesmo. Eu adorei o casal e a maneira que se desenvolveu, com amizade e tudo mais. Adoro também que ela cita personagens dos Bridgertons, da até uma saudadinha, haha.

    beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Julia, sua linda, tudo bem?
    Eu já li esse livro e me apaixonei por ele. O que gostei foi justamente algo que você citou, o fato deles se conhecerem desde pequenos criou um laço lindo de se ver. Ela o conhecia, o entendia. Foi lindo o romance entre eles. Louca para ler o resto da série.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Julia,
    Ainda não li Julia Quinn, e pelo o que contou dos livros dela, dessa confiança em saber que todos da série serão bons, só me deixou mais animada. Eu tenho um clube de romances de época, vou anotar sua dica.
    Bjs.
    Pri.
    http://nastuaspaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir