16 janeiro 2017

PARCERIA: MARI SCOTTI

Bom dia pessoal, como é que cês tão? Essa semana provou que apesar daquele medinho que eu estava de 2017, o ano pode nos trazer muitas coisas boas. Na primeira semana do ano, recebi um email dizendo que o Perdida em Histórias foi um dos blogs selecionados para a parceria com a Mari Scotti em todo ano de 2017. Confesso que fiquei literalmente no chão, pois não esperava passar nessa seleção.

Então, já que passamos, vamo que vamo conhecer um pouco da autora e seus livros, pois esse ano o blog promete estar cheio de resenhas dos livros dela. 

UM POUCO DE MARI SCOTTI:

Paulistana, tímida e blogueira literária. Nascida em 22 de fevereiro e formada em Recursos Humanos. Aprendeu a amar a literatura aos dez anos de idade e a desejar escrever com a mãe que também é apaixonada por esta arte. Teve coragem de mostrar suas histórias a outros apenas em 2009 como escritora de fanfics, o que a impulsionou a buscar por mais. Apoia sem reservas a literatura Nacional. Já gravou CD como cantora de banda, compôs e hoje se dedica à sua família e a seus queridos personagens. Escritora das séries Neblina e Escuridão, Série Nefilins e do romance de época Montanha da Lua.

  


A autora já escreveu muitos livros, então, decidi mostrar a vocês o primeiro livro que solicitei na parceria. <3

SINOPSE:

Há séculos uma verdade acompanha cada herdeiro do ducado de Bousquet: A Maldição dos Hallinson’s.
Conta-se que a tragédia os acompanha, levando à morte as esposas em seu primeiro ano de matrimônio. Geração após geração, aprendem sua sina e a regra a seguir para possuir uma união frutífera e longa.
Octávio Hallinson Segundo sofre as consequências de não seguir estes ensinamentos. Viúvo, isolou-se da sociedade, fugindo da responsabilidade de casar-se novamente para providenciar um herdeiro para seu título.
Um homem marcado pela dor.
Mical Baudelaire Nashgan sempre foi uma mulher decidida, enfrentando as ordens de sua tia e negando-se a seguir o protocolo que obrigava mulheres a procurar maridos apenas por posse de títulos e dinheiro e não por amor.
O posicionamento contraditório aos costumes afastou os candidatos, tornando-a uma das únicas solteironas que sua província conheceu. A mais bela dentre elas.

2 comentários:

  1. A Mari Scott é uma fofa.
    Parabéns pela parceria e adorei seu espaço já seguindo.
    Beijos,
    Juliana.
    Fabulônica
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é um amor de pessoa! Muito obrigada <33

      Excluir