12 setembro 2016

RESENHA: INVISÍVEL - DAVID LEVITHAN E ANDREA CREMER

Stephen passou a vida do lado de fora, olhando para dentro. Amaldiçoado desde o nascimento, ele é invisível. Não apenas para si mesmo, mas para todos. Não sabe como é seu próprio rosto. Ele vaga por Nova York, em um esforço contínuo para não desaparecer completamente. Mas um milagre acontece, e ele se chama Elizabeth. 
Recém-chegada à cidade, a garota procura exatamente o que Stephen mais odeia. A possibilidade de passar despercebida, depois de sofrer com a rejeição dos amigos à orientação sexual do irmão. Perdida em pensamentos, Elizabeth não entende por que seu vizinho de apartamento não mexe um dedo quando ela derruba uma sacola de compras no chão. E Stephen não acredita no que está acontecendo... Ela o vê!


AUTORES: 
David Levithan e Andrea Cremer

EDITORA:
Galera Record

PÁGINAS:
322


O livro conta  a história de Sttefan, um garoto solitário que em pouco tempo vê sua mãe morrer e o seu desampara-lo. Ele vive em um apartamento em Nova York, mora sozinho e não tem uma vida social, vive por existir.

Um detalhe: Tudo isso é consequência de uma maldição lançada pelo avô de Sttefan, que o torna invisível, estranho, né? Mas por incrível que pareça isso ocorre na pequena vida deste garoto.

Uma das  coisas interessantes é que Sttefan mesmo sendo invisível não se aproveita da situação,  sua mãe sempre lhe ensinava a respeitar a privacidade das pessoas.

Este garoto vive em um mundo pequeno e limitado, no qual seu pai é responsável por pagar as contas, é só disso mesmo porque sempre foi ausente na vida Sttefan. Já o menino tinha o direito de tentar viver todos os dias, amava passear no parque, ver o pôr do sol, avistar as pessoas. Tem uma parte bem legal em que Sttefan acompanha a vida de duas pessoas que se amam, mas não admitem pro outro, o garoto invisível como ótimo observador faz com os dois se aproximem, esses momentos para Sttefan eram de grande importância.

Mas a solidão deste garoto está preste a mudar com a chegada de uma garota, Elizabeth, sua nova vizinha que acaba de se mudar por causas pessoais e familiares, onde vivia muito angustiada com essas questões. Seu irmão é o mais atingido por se declarar gay,  mas ele tem um auto estima de fazer inveja, é muito engraçado, ele que faz o livro parecer cômico, é um exemplo de vida, acho o melhor personagem.

Então a partir do momento que se muda começa uma nova história, que Elizabeth pensa ser mais tranquilo mas na verdade será mais trabalhoso, onde descobrirá o que é de verdade, o amor, e viverá momento incríveis com pessoas queridas.

A maldição que Sttefan carrega é uma das mais fortes de todas, onde ninguém, nem a pessoa que botou consegue enxergá-lo, mas sempre tem um exceção,  por incrível que pareça Elizabeth consegue ver ele. Isso é um baque maravilhoso para Sttefan, porque acaba trazendo uma esperança de que outras pessoas podem também o olhar.

É neste momento que a história dessas duas pessoas mudam, primeiro se apaixonam e depois vão atrás de quebrar a maldição, onde acabam descobrindo coisas surpreendentes sobre os dois.

O livro é muito interessante, dá pra aprender bastante coisa, além disso é muito engraçado é empolgante. No decorrer de toda história creio que há um objetivo maior que é quebrar a maldição, pois bem tive toda expectativa no livro só que fiquei decepcionada no final, muitas pessoas me disseram que terá continuação, espero que tenha mesmo, pois o livro é muito bom pra acabar desse jeito. Fora isso, quem teve o privilégio de poder desfrutar da leitura não se arrependeu, então se você ainda não leu, experimente está leitura!

6 comentários:

  1. Olá
    Éh, alguns finais são complicados, peguei um birra de séries de livros por causa disso.
    Não sei, não consegui me empolgar com nenhum livro do autor, achi que é por causa dessa pegada adolescente, e não foi dessa vez novamente =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Infelizmente essa é a vida, nem todos os finas são felizes. Sobre o livro, é bem interessante mas entendo sua preferência, porém se um dia der vontade leia irá gostar. Beijos

      Excluir
  2. Adorei sua resenha, Aline. Me deixou bem curiosa pra conhecer o invisível Sttefan.
    Gosto muito de livros com mensagens boas, lições... vou adiciona-lo na minha listinha.
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi! Fico feliz que tenha gostado. Sttefan é um poço de mistério e dúvidas, com lições incríveis, super apaixonante. Eba rs, vai gostar.

      Excluir
  3. Olá.
    Ouvi muitos comentários sobre o livro, muitas indicações, mas ainda não tive oportunidade de ler. Nunca li nada do David Levithan e quero muito conhecer sua escrita tão elogiada.
    A premissa do livro é muito bao e fiquei bem curiosa. Anotei a dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Pois adicione a sua lista, é muito bom, super indico. O escritor é maravilhoso, gosto muito dos seus livros. Depois que ler bote o que achou aqui, será bom ouvir. Beijos

      Excluir