03 julho 2016

[RESENHA] MALALA - VIVIANA MAZZA

Malala tinha apenas 11 anos de idade quando decidiu levantar sua voz e lutar para que mulheres e meninas tivessem os mesmos direitos que os homens em seu país, o Paquistão. Com o apoio de sua família, Malala escolheu a gritar um basta às diferenças. Lutou sem armas ou violência, com a coragem das palavras e da educação, com a força da verdade e da inocência. Aos quinze anos, em um dia como outro qualquer a caminho da escola, Malala descobriu que o Taliban queria matá-la. De maneira grandiosa e emocionante, este livro revela a trajetória, os medos e os sonhos da mais jovem candidata ao Prêmio Nobel da Paz.

Editora: Agir / Páginas: 192 / Autora: Viviana Mazza

Terminei de ler o livro "Malala" e estou muito feliz por ter tido a oportunidade de desfrutar a leitura deste maravilhoso livro. Malala é poderosa, corajosa, criativa! Enfrentou o Talibã correndo risco de vida, mesmo assim ela realiza um trabalho inspirador e apaixonado pela a educação!       
 "Uma história real e comovente para inspirar pais e filhos a acreditarem no poder transformador da educação."                
O livro "Malala - a menina mais corajosa do mundo", é baseado em fatos reais, inclusive a protagonista ganhou o prêmio Nobel da Paz. A história passa-se no Paquistão da cidade de Mingora, lá todos levavam uma vida feliz e tranquila, até que os talibãs(rebeldes) tomassem conta de tudo. As pessoas eram obrigadas a fazerem o que eles ordenassem, pois se não obedecessem eram mortos. 

Malala sempre gostou de estudar, ir para escola,  ver suas amigas, ela era uma menina muito inteligente dedicada. Seu pai Ziauddin Yousafzai é o dono de uma escola para meninas e por muito tempo a escola alimentou seus estômagos e suas almas. Quando os Talibãs chegaram as pessoas pensavam  que as coisas iam ficar melhor, mas pelo contrário, tudo piorou. Começaram a proibir as mulheres de ao mercado, de andar com qualquer roupa, proibiram as danças e o mais importante proibiram as mulheres de estudar. quando começaram às proibições, Malala pensava que era só por alguns dias, mas os dias passaram e não ouve nenhuma mudança, só mais proibições. Então Malala fica indignada e com apenas 11 anos de idade ela decide levantar a voz e lutar para que as meninas tivessem os mesmos direitos que os meninos.

Em seu país o Paquistão, com apoio da família, Malala escolhe gritar um basta a diferença. Luta sem armas e violência, com a coragem das palavras e da educação, com a força da verdade e da inocência. Aos 15 anos de idade em um dia como outro qualquer a caminho da escola, descobre que o Talibã quer matá-la.
"Ao torná-la um alvo, os extremistas mostraram o que eles mais temem: uma menina com um livro. Malala comprova o poder da educação para construir a paz. Ela é um exemplo para todo mundo."

Ban Ki-moon, secretário geral das nações unidas   
Então este livro de maneira grandiosa e emocionante, revela a trajetória, os medos,  os sonhos da menina mais corajosa do mundo. A história de Malala comove  e inspira pais e jovens, especialmente no Brasil, em que a educação é para todos e muitos não valorizam este bem tão precioso. 
"Se Malala fez o que fez e enfrentou a Talibã correndo risco de vida, não existe nenhuma desculpa para cada um de nós. Temos que levantar as mangas e lutar para que o mundo seja um lugar melhor."Jady Williams, uma das vencedoras do prêmio Nobel da Paz.
Espero que tenham gostado e tomara que leiam, pois não irão se arrepender. É um livro fascinante e super indico.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário