03 julho 2016

[RESENHA] AZUL DA COR DO MAR - MARINA CARVALHO

ACASO, DESTINO OU LOUCURA? No caso de Rafaela, pode ser tudo isso junto. Para alguém como ela, nada é impossível.
Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez... A ideia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida. Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas (um nome tão imponente para alguém tão desajeitado) conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. Mas, como estamos falando da Rafa, alguma coisa tinha que dar errado. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do mundo.
Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços –, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego.
Mas e a mochila? E o garoto, o envelope, as cartas? Um dia a estabanada Rafaela vai ter que se libertar dessa obsessão.

  
                             Páginas: 334 / Editora: Novas Páginas / Autora: Marina Carvalho



Olá pessoal, aqui é a Julia Fernanda, xará da Julia Rios haha. Hoje eu trouxe uma resenha na qual acho que vocês vão se apaixonar. Azul da cor do mar é um livro cheio de confusões, sentimentos, e no caso de Rafaela ( a protagonista do livro ) é super desastrada e se mete nessas confusões citadas acima. Bem, eu emprestei esse livro da escola e eu não estava dando nada pra ele, simplesmente o peguei pra ler e não consegui mais parar. Então confira a resenha e se apaixone pelo conteúdo!

Rafaela é uma jovem moça que conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais, seu sonho sempre foi ser jornalista, porém, por ironia do destino o seu companheiro no trabalho não é uma pessoa tão simpática quanto poderia ser, o incrível Bernardo. Rafaela desde a adolescência sonha com o garoto de mochila xadrez que viu perto do mar, e a partir daí que uma linda historia começa.

É tanta confusão no trabalho, em casa, que Rafaela não vive tão contente com a situação em que vive, ainda mais por sua função no mais novo trabalho é ficar colada no repórter investigativo Bernardo, que nunca facilita as coisas. Embora o relacionamento dos dois não seja algo agradável, Rafaela começa a ter certas suposições de que Bernardo pode ou não ser o garoto da mochila xadrez, mas muita da vezes prefere nem ficar pensando nisso.

Eu gostei muito do modo em que o livro é contado, porque atrai muito o leitor e o cativa muito, deixando a leitura deliciosa! Uma coisa que gostei também foi que, além de ter um romance lindo o livro mostra como a é a vida de um repórter investigativo, o que no caso já me fez se interessar muito.
       
Os personagens secundários: Bernardo é um homem muito turrão de olhos azuis nos quais me apaixonei, Rafaela não facilitava em momento algum pra ele, sempre com muitas discussões entre os dois. Em todo momento eu torcia para rolar algo entre eles, mas ao invés de " romance" os dois saíam entre tapas mesmo.

Marcelo me deixou muito confusa, vamos dizer que ele ficou muito afim de Rafaela, porém Bernardo sempre dizia que era um cafajeste e eu sempre fiquei em dúvida quanto a isso. Já os irmão de Rafaela são uns amores que sempre se preocupam com ela. Suas amigas Alice e Sofia estão sempre ao seu lado, já a outra, Gisele que se dizia amiga, tenho vontade de dar umas na cara dela.

Conclusão: Simplesmente adorei, é uma trama que não deixa de ser clichê, mas que me prendeu muito. Eu li esse livro em 4 DIAS, JURO! Chorei? Mas é claro, dei altas risadas ao ler? Sim! Então se você gosta de livros desse gênero procure ler.

Beijos!
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário